Alexandre Valente de Matos - Jaula Aberta

 

Alexandre Valente de Matos (n. 1917), Jaula Aberta (1958).

 

Tal como aconteceu em diversas colónias dos demais países europeus, os missionários desenvolveram nos territórios portugueses ultramarinos funções que não se limitaram à evangelização strictu sensu. Algumas dessas funções concentraram-se na etnologia e na recolha e registo de tradições orais, de que este volume é um exemplo.

 

Recolhendo e publicando estes doze contos chirimas, o padre Alexandre Valente de Matos procedeu ao alargamento da sua obra missionária em direcção ao campo da etnologia, onde se veio a destacar pelo seu interesse na cultura dos Macuas, interesse que, entre outras obras, resultou num dicionário Português-Macua (1974). 

 

© Blog da Rua Nove

publicado por blogdaruanove às 16:57 | comentar | favorito